Cultura de Informações é a designação dada ao movimento de aproximação dos serviços de informações à sociedade com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a importância da salvaguarda dos interesses de cada Estado e para o importante papel que, nesta sede, é desempenhado pelos serviços, mas também por cada cidadão. Trata-se de um novo paradigma dos Serviços de Informações que emergiu no rescaldo do 11 de setembro de 2001. Sendo a realidade histórico-cultural distinta de país para país, assim o papel que cabe à Cultura de Informações é, também ele, diverso.

Em países que viveram períodos de ditadura, a Cultura de Informações conhece a dimensão acrescida de explicar aos cidadãos o papel e os limites de atuação dos Serviços de Informações num Estado de Direito Democrático ou seja: desmistificar o papel e a atuação dos Serviços de Informações.

Saiba tudo sobre a Cultura de Informações AQUI.