Mensagem do
Diretor do SIS

Há 36 anos, em fevereiro de 1986, o SIS dava os primeiros passos com a nomeação do Dr. Ladeiro Monteiro como Diretor-Geral.

Nesse ano, o Muro de Berlin ainda não tinha caído e a Perestroika começava a ser implementada na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas por Mickhail Gorbachev.

Na minha mensagem do Final do Ano de 2021 escrevi, em jeito de balanço e perspetiva para 2022, que assistíamos ao regresso das tensões geopolíticas ao centro das relações internacionais, à concorrência entre Estados na valorização da defesa dos interesses nacionais, da proteção da integridade territorial e da manutenção da independência política e económica. Escrevi ainda “aparentemente o nacionalismo está de volta e a Guerra Fria parece ter regressado”.

Infelizmente, à data de hoje, 24 de fevereiro de 2022, a Rússia iniciou um ataque de larga escala, à Ucrânia, em flagrante violação dos mais elementares princípios do direito internacional: o direito de soberania de um Estado e ao livre arbítrio do seu povo.

Na qualidade de serviço de segurança, o SIS, associa-se a todos os esforços desenvolvidos pelo Governo Português acompanhando o desenrolar da situação, seguindo as orientações e diretrizes do Primeiro-Ministro.

Adélio Neiva da Cruz