O seu browser não suporta Javascipt!

Combater as ameaças de cariz global – com destaque para o crime organizado transnacional, o terrorismo e a espionagem – tem como objetivo primordial assegurar a liberdade e a segurança dos cidadãos e garantir a integridade do Estado de Direito e das instituições democráticas. A produção de informações desempenha, por isso, um papel fundamental e incontornável no quadro securitário, antecipando a emergência de novos fenómenos, monitorizando o devir das ameaças e identificando os seus principais agentes, constituindo-se como um elemento estruturante da tomada de decisão política.

Ao longo das últimas três décadas, o SIS tem estado à altura da missão que lhe foi superiormente confiada, pautando-se, em todos os momentos, por uma cultura de rigor, responsabilidade e eficácia, mas também de respeito integral pelos princípios constitucionais e pelos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos. Porque a segurança e a liberdade são preocupações transversais dos Estados e dos cidadãos, o SIS tem estreitado os laços de cooperação nacional e internacional, não descurando uma crescente abertura à sociedade civil, sem comprometer, naturalmente, as obrigações de reserva, sigilo e segredo legalmente impostas.

A maturidade institucional do SIS e a credibilidade do trabalho desenvolvido não pode ser dissociada da qualidade e competência dos seus funcionários, movidos por um elevado espírito de missão e serviço à República. O reconhecimento político e institucional do SIS e das informações produzidas tem-se traduzido também num reforço da confiança dos decisores nos quadros do Serviço, contribuindo para uma maior solidez e estabilidade da organização.

Em meu nome pessoal, e em nome dos funcionários do SIS, desejo as boas-vindas a todos os que visitam o site, desejando que este seja um espaço de conhecimento e compreensão sobre a história das informações em Portugal, sobre a missão e atribuições do SIS e, em particular, sobre as ameaças que constituem o cerne da nossa atividade e que procuramos, a cada dia, combater.

O Diretor
Adélio Neiva da Cruz